quarta-feira, 18 de setembro de 2013

"tatua no corpo meu nome
poema
forma
crie um modo de tatear-me
na noite
sem ver
concordo
e aceito, mais que concordo
só não posso
mesmo
é combinar-me
com a chuva que desmancha
o chão
e suja a imagem
da beirada das casas
que cada um tem
por dentro"

Nenhum comentário:

Visitantes

Loading...