sábado, 10 de março de 2007

KUOLEMA ART ZINE 17

KUOLEMA ART ZINE NÚMERO 17
DATA: SETEMBRO 2006

“Deveria ter ido com você
ao céu, ao meu inferno
estaria bem agora
conscientemente não!
Mas arriscar é o melhor petisco
salgar a pele já morta
ferida com a dor do odor do desamor
fumar um cigarro após o sexo...
puta merda isso é bom!
Mas, bom é sentir, viver
ser sentido, ser vivido
o calor que sai, não saiu
vai sair...
Afugentar-se entre meios,
obscuros talvez...
E quando o sol raiar
seremos apenas eu e você
restos de noite
que não vai mais ter fim”

“Esquecer o que não tento esquecer
são tantas lembranças
o velho mar que ia, sorria
o mar ainda vai lá
o mar ia...
Há quanto tempo tento esquecer
agora sei que vou conseguir
tudo está em alta rotatividade
e as palavras minhas não serão mais ditas
apenas pensadas, se forem!
Como será logo ali?
E o amanhã?
E a quinta feira?
Tudo pode não acontecer
mas o mar vai estar lá
sem ao menos ir...
e eu, será que consigo ir
e te esquecer para sempre?”

Nenhum comentário:

Visitantes

Loading...