quarta-feira, 14 de março de 2007

“Hoje foi tão difícil olhar o dia amanhecer

todo este tempo sem você, tem sido assim

uma árdua tarefa a se cumprir

quisera ao menos dar-te um sonoro ‘olá’

tirado do meu mais belo sorriso

mas este sorriso se foi, juntamente com você

naquela madrugada de negra certeza

me deixaste e eu inocentemente bêbado chorei

chorei até arder o meu pudor,

manchei toda a escada com lágrimas para você,

e de nada valeu-me...

agora volto a esboçar um fraco sorriso”

(Ouro Preto, 18 janeiro 2007)

Nenhum comentário:

Visitantes

Loading...