quarta-feira, 14 de março de 2007

“Cuidado garota, atrás desta pele calma

algo cortante desponta-se, aponta-se, afia-se

pode ser que não te machuque nunca

mas prevenir sempre foi o melhor que fazemos

eu ao contrário já me entreguei ao fio

fino fio cortante das giletes enferrujadas

e superei!

Acho que superei...

Parece que foi ontem que me cortei

ainda sinto o fio na carne branca, até pálida.

e no meu sangue vários rumores de outros amores

mas não estanquei, e tudo se foi,

se foi e secou,

vamos fazer u pacto de sangue?

(Ouro Preto, 08 dezembro 2006)

Nenhum comentário:

Visitantes

Loading...