quinta-feira, 25 de março de 2010

SEJA VOCÊ A MUDANÇA

Tudo que fazemos, seja para o bem, seja para o mal, geramos uma espécie de transformação, esta transformação por conseqüência lógica, gera um dano ao meio ambiente que por menor que seja, afeta a vida num futuro.

Devemos nos preocupar nos preocupar em minimizá-los, visto que ao optarmos por uma vida em sociedade temos que adotar o uso de papéis, fios elétricos, a própria caneta que uso ao transcrever estes pensamentos, água, detergentes, roupas, calçados, energia; tudo, tudo mesmo que usamos gera alguma forma de prejuízo ao meio natural.

A certa altura você deve pensar:

“Que loucura, então somos um mal para o universo, que rendo ou não estamos lesando o mundo...!”

Em partes concordo!

Alguns chamam de carma, outros de vida, eu, bom ainda não achei um termo adequado.

O certo é que nós podemos e devemos minimizar estes danos.

Você cuida de seu corpo, escovando os dentes, se banhando, fazendo exercícios, etc?

Então, haja como se o planeta fosse uma extensão de seu corpo, o que na verdade nunca deixou de ser. Provoque a mudança! Seja a mudança!

Tudo que você usa e ou usa mais pode ser reciclado, é só colocar um pouco de amor , e pensar que outras pessoas virão morar aqui depois que você partir. A arte é uma saída! Sim, a arte, a cultura, elas geram em nós uma sensibilidade tão forte que nos surpreende.

Começa observando a sua volta, veja como funciona a natureza: as “folhas mortas” caem das árvores, e se você observar, elas vão para o chão calmamente, sem se afobar, para se tornar o húmus que dará força às suas iguais. Nascerão outras árvores e outras milhares de folhas fertilizarão o terreno, numa constante troca, m equilíbrio total.

São coisas simples, que nos passam desapercebidas, mas que nos ensinariam muito s parássemos para observar só um pouquinho.

Saia por aí fazendo a mudança!

ALGUMAS DICAS:

1 – Coma mais frutas, verduras, s esforce um pouco e as plante.
2 – Isopor e saco plástico, não use.
3 – Papel, use os dois lados da folha sempre, aprenda a reciclar.
4 – É difícil, mas prefira fraldas e absorventes ecológicos.
5 – Separe o seu lixo (orgânico, seco, outros...).
6 – Lixo seco pode ser “ensacado” em jornal velho.
7 – Jogue sementes por onde passar (frutas, verduras, flores, árvores...)
8 – Não desperdice água com bobeiras.
9 – Leia livros e passe adiante.
10 – O escambo é ótimo.
11 – Cuidado com o lixo eletrônico.
12 – Ande mais de metrô, bicicleta dê carona aos amigos.
13 – Em casa (interiores) use cores claras nas pinturas.
14 – Álcool, fumo, drogas, só lembro que uma pessoa fora de seu estado de consciência s torna facilmente manipulável.
15 – Use filtro para água de cerâmica ou direto da torneira ( bica).
16 – Diga não as coisas que prostituem sua dignidade a dos outros.
17 – Uma música consciente pode mudar seus pensamentos.
18 – Quando não estiver usando algum aparelho elétrico, tire-o da tomada.
19 – Geladeira e freezer gastam menos energia ao abrigo do sol.
20 – “SEJA VOCÊ A MUDANÇA QUE DESEJA VER NO MUNDO”

Você não precisa fazer tudo que está escrito acima, à risca, invente!

Se você acha importante cuidar do planeta, não para você, mas para sus iguais, FAÇA! Converse com pessoas sobre suas idéias, mostre que o pouco pode se tornar muito! E isso tornará nossa passagem por aqui muito mais agradável.

Agora se você acha tudo isso uma balela, sensacionalismo barato, não si. Não podemos obrigar ninguém a mudar, podemos sim é fazer a nossa parte e nos esforçarmos para fazer a dos que não pensam no bem comum.

Tenhamos amor e bons pensamentos

Rômulo Ferreira
Rio de Janeiro 23 de março de 2009

Nenhum comentário:

Visitantes

Loading...