domingo, 1 de julho de 2007

KUOLEMA ART ZINE NUM. 29
DATA: JUNHO 2007

“Na calada da noite ela me escolhe
Nada diz, quer um pouco de loucura,
Uma loucura medida
Em copos grandes de doses destiladas,
Sonhos conservados em formol,
E ao amanhecer de um novo dia
Olhei para o lado,
Estava só
Acho que na noite também estava,
Só imaginei estar a seu lado”

“Solidão de rua
Nua numa cama
Se a lua hoje sair
Terei vergonha de olha-la
Se a lua hoje sair
Terei que chorar”

“São pequenas lágrimas
Que formam o imenso mar
De saudade
De vontade
Do simples querer acertar
São lágrimas que tenho para você
São lágrimas de sonhos abandonados
Lágrimas...
Lágrimas...
Saudades...”

4 comentários:

Pedro disse...

Muito bom esses, possivelmente uns dos melhores dos últimos tempos. Conseguiu ser sutil e melancólico sem ser piegas. O primeiro e o segundo especialmente...

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira.(If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada. Thanks for the attention, bye). Até mais.

Maíra disse...

Nuss, voc consegue escrever umas coisas assim, fodas... adorei a primeira e terceira parte... Muito legal teu blog moço. lol
Bjo...

Kelly Cândido disse...

Olá!
Na loucura que permiti naquele noite quase te ofendi.
Foi interessate...

Gostei muito do teu blog e de vc.
Novo ponto certo das minhas tardes no horário de café (o blg). Gosto de ler enquanto tomo café.
Faça contato!
bjão!

Visitantes

Loading...