domingo, 18 de março de 2007

“Os poemas estão todos jogados no lixo
Todos sem exceção,
Os poetas de hoje
São muito imaginários pro meu gosto
Eu poeta?!?
Eu só escrevo o que acontece a minha volta,
Pelo menos por hoje!
Amanhã quem sabe,
volto a ser também um poeta muito imaginário
mas eu não sou poeta
sou eu, só eu”
(São Paulo, 07 março 2006)

Nenhum comentário:

Visitantes

Loading...